Eta Carinae, música para os ouvidos

by

Eta Carinae contém uma das estrelas com maior massa que se conhece. Na verdade, trata-se de um sistema binário.

Neste sistema, uma estrela com massa em torno de 70 e outra com algo ao redor de 30 massas solares giram uma em torno da outra. Essa dança estelar tem um período de 5.53 anos.

Este período, e por consequência, o fato de que são duas e não uma só estrela foi uma descoberta do professor da USP Augusto Damineli.

A estrela maior é mais fria e tem temperatura superficial da ordem de 15000 K. Já a menor é mais quente e apresenta uma temperatura superficial da ordem de 30000 K. Elas emitem ventos fortes que interagem um com o outro de forma intensa e violenta.

Este sistema ainda intriga os cientistas porque só pode ser inferido de forma indireta já que está envolvido em uma espessa cortina de gás e poeira. Abaixo vemos eta Carinae em uma imagem do Hubble. Na verdade, o que vemos é o que foi expelido há centenas de anos atrás. O par de estrelas encontra-se bem no centro onde os lóbulos se encontram. Os dois lóbulos, que dominam o campo da figura abaixo, estendem-se em algo equivalente a 500 (quinhentos!!) Sistemas Solares.

Para se ter uma ideia, o último soluço de eta Carinae foi em meados de 1850 d.C., e naquele momento ela jogou fora (no meio interestelar) algo em torno de 10 massas solares. Naquele momento, tornou-se o segundo objeto mais brilhante no céu noturno.

Aqui, pode-se “brincar” um pouco através de uma ferramenta de ampliação em uma imagem de alta resolução do Hubble na direção da enorme nebulosa de Carina.

Esta nebulosa expande-se por algo em torno de 300 anos-luz e está distante de nós cerca de 7500 anos-luz. E nesta nebulosa enorme, dentre tantos outros objetos celestes que podem ser visualizados na imagem que comentei, encontra-se eta Carinae.

Comprovando a fama do par de estrelas aqui na Terra, achei algo curioso ao navegar pela internet. Há uma nova banda pernambucana chamada, Eta Carinae. Eles misturam vários ritmos e com um estilo próprio têm criado um excelente material.

No vídeo acima, vocês podem assistir ao clipe da música Ecos. Espero que gostem!

Eta Carinae (imagem do Hubble).

Eta Carinae (imagem do Hubble).

Anúncios

Tags: , , ,

2 Respostas to “Eta Carinae, música para os ouvidos”

  1. Marcellus Says:

    Eu me lembro de ter lido a reportagem que divulgava a descoberta de Augusto Damineli. E me lembro ainda que, segundo dados anteriores, existia a possibilidade dessa estrela ter explodido. O que seria muito ruim para a Terra, devido a proximidade do nosso planeta com a estrela.

  2. Sofia Teixeira - IM Magazine Says:

    Olá,
    Encontrei o seu blog e acho que é um “blog para um mundo melhor” e que pode ter um destaque na IM magazine, num espaço dedicado a blogs.

    http://immagazine.sapo.pt/por/blog2009.html

    A IM Magazine é revista online internacional lida em mais de 120 países que divulga o melhor que se faz no mundo… para um mundo melhor, em todas as áreas que interessam à humanidade.

    A inscrição é simples e gratuita:

    http://immagazine.sapo.pt/por/blogs.html#

    Um abraço,

    Sofia Teixeira
    IM Magazine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: