IAU XXVII GENERAL ASSEMBLY – Encerramento

by

Depois da chamada, abertura oficial, simpósio 262 e simpósio 265, chegou a hora (com quase duas semanas de atraso) de falar um pouco sobre o encerramento da Assembléia Geral da IAU, que ocorreu entre 3 e 14 de agosto no Rio de Janeiro. Nada mais justo do que começar este pequeno relato (cheio de figuras) com o cartaz oficial do Ano Internacional da Astronomia. Todas as imagens deste post foram retiradas do site oficial da IAU. Aliás, para quem quiser uma outra fonte de textos muito legais e bem escritos sobre a assembléia geral da IAU vale a pena conferir o blog do Prof. Cássio Barbosa. Ele escreveu uma série de posts com informações diretamente da sala de imprensa do evento!

Na minha modesta opinião de marinheiro de primeira viagem nesse tipo de assembléia, o resultado foi muito positivo. Apesar de alguns pequenos descuidos da organização nos primeiros dias, tudo foi resolvido e o evento transcorreu sem grandes dores de cabeça. Digo isso como mero participante, porque sei que o pessoal da organização fez de tudo para que nenhum eventual problema aparecesse para os demais. O local onde foi realizado o evento (Centro de Convenções Sulamérica – veja foto abaixo) foi bem escolhido e deu conta do recado.

A estrutura para os painéis apresentados durante os vários simpósios também foi bem satisfatória. É fato que essa parte do evento sempre fica um pouco esquecida (principalmente porque as seções de painéis acontecem no horário do coffee-break), mas como podemos ver abaixo, o local estava movimentado.

O encerramento oficial do evento aconteceu no dia 13 de agosto (um dia antes do término dos simpósios). Na assembléia geral, aberta a todos os participantes (porém só os membros efetivos possuem direito de votar), foi feita a transição entre presidentes (Catherine Cesarski passou o comando para Robert Williams), secretários gerais e etc. Além disso, foram apresentadas novas resoluções, como a de incentivo à astronomia em países em desenvolvimento. Para se ter uma idéia, alguns países mais pobres não possuem sequer um observatório nacional e pouquíssimos astrônomos! Então existe uma “força-tarefa” que pretende criar incentivos nessa área (recomendo novamente o blog do Prof. Cássio, que tem um resumo sobre as novas resoluções). A foto abaixo foi tirada durante uma das votações.

Depois de toda a parte burocrática (e necessária para um evento deste porte), foi a hora de mais uma apresentação musical. Desta vez foi um coral que cantou, entre outras músicas, Garota de Ipanema. O cidadão à frente do coral tentou embalar a platéia com algumas batucadas, fazendo sons com as mãos e etc. Os astrônomos ficaram meio acanhados a princípio, mas no final estava todo mundo de pé tentando sambar.

Resumindo: foi uma experiência ótima, do princípio ao fim. Digam o que quiserem, mas o Rio tem seu charme e a organização conseguiu aproveitar bem o potencial da cidade. Bom, terminado o evento, só nos resta aguardar o dia 20 de Agosto de 2012, quando terá início a XXVIII Assembléia Geral em Pequim, China.

(Obs: agora só aqui entre nós: a assembléia seguinte, lá em 2015, acontecerá aqui)

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: